Uma puta falta se sensibilidade: a sociedade que começa o preconceito cedo!

Seja em casa, seja nos primeiros dias de escola ou mesmo sendo de fato e sem preconceito, a forma como a sociedade trata as escolhas de uma pessoa é complexa e por diversas vezes cruel. E ainda que seja uma escolha, as pessoas podem se preparar para todo esse processo de fritura social. Isso acontece imensamente com as acompanhantes de luxo que são meninas requintadas, de “boa família”, com excelente educação e formação e que vivem do ofício, mas também acontece muito também com as “putas” que nem sempre são profissionais e nem sempre queriam ou estariam preparadas para esse ultraje de uma sociedade baseada no julgamento e na destruição social.

Ser leviano é muito comum na vida e no processo de amadurecimento de todos. Infelizmente, diria. E o pior, isso vem desde a escola nos seus primeiros anos, ou dias! Quando uma menina se sente atraída por mais de um menino, em um tempo de descobertas e hormônios em formação, muitas meninas que tem suas vontades suprimidas pela família ou pelo apelo da sociedade, tendem a julgar as outras que cuidam apenas de si mesma. É nessa fase da vida que começam os rótulos tão prejudiciais em diversas esferas de convivência, onde ainda há discriminação com negros, gays, prostitutas, gordos, nerds, religiosos e afins!

Faz parte da construção desta sociedade gostar de ver um “estupro social”

Desde muito novo é comum saborear em grupo o estupro social de uma pessoa por algum fato cometido, mesmo que isso seja apenas uma vontade, não um delito ou contravenção. Quando o tempo passa, esse peso vai sendo carregado por tempos e tempos e vai formar cidadãos preconceituosos e não aceitantes das diferenças entre as pessoas. Ai é o começo de uma sociedade desigual e sem tolerância que tende a julgar mais e compreender menos. É um processo tenso e complicado! Nesses primeiros momentos de 2015, nós do Brasil Lovers, um site catálogo de acompanhantes de luxo em Brasília, pedimos a reflexão. Ser garota de programa não deve ser um pesar, nem motivo de julgamento por parte de quem quer que seja. Deve ser uma escolha e assim sendo, deve ser aceita!

Nós iremos batalhar pelos diretos de expressão e liberdade de qualquer pessoa que seja sempre em nossos textos e assim sendo, não poderia ser diferente expressar de forma coesa nosso descontentamento no trato do assunto desde os primórdios da formação de carater te uma pessoa! este texto pode complementar um pouco do que todos nós batalhamos ao longo dos tempos e complementamos que não há nada de errado em gostar de receber por sexo. Afinal, todos conhecem, por exemplo, a Lola Benvenutti, que é uma mulher altamente bem sucedida e bem resolvida, o que é o melhor!

Seguir em frente e defender tudo e todos, é o nosso Feliz ano novo!

Nossos textos continuaram muito picantes e sem pudores, mas com coesão e coerência dentro da proposta em que todos querem a mesma coisa na vida. Tudo convege ao sexo, se formos pensar de forma pragmática e coerente! E não será diferente ao longo do ano. Essa foi a melhor forma de desejar feliz ano novo aos leitores e às meninas que aqui anunciam e sabiam que nossa linha editorial sempre será defensora dos direitos iguais entre todos e que nada jamais passará despercebido. Nossos textos irão continuar dando dicas de prazer e como se comportar para que todo mundo fique feliz, mas também iremos trazer debates sérios para que todos saiam após a leitura a fim de refletir sobre e, principalmente, a fim de fazer a melhor coisa da vida! Sexo! =)

Newsletter Brasil Lovers

Cadastre-se e seja o primeiro a saber sobre nossas novidades.

Brasillovers Nas Redes